Dia mundial de segurança e saúde no trabalho

O 28 de Abril é conhecido como Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho, em memória às vítimas de acidentes e doenças relacionadas trabalho. A data foi instituída pela OIT (Organização Internacional do Trabalho) em 2003, em alusão ao ocorrido nesta data, no ano de 1969, onde 78 trabalhadores de uma mina no Estado de Virgínia, nos Estados Unidos, morreram devido a uma explosão. Muito anos depois, campanhas ao redor do mundo continuam lutando por mais segurança e saúde nos ambientes de trabalho.

No Brasil, a Lei n0 11.121/2005 instituiu o mesmo dia como o Dia Nacional em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho. A data homenageia mas também volta as atenções e preocupações para o outro lado do trabalho: o que acidenta, incapacita e mata.

Situação da segurança e saúde do trabalho no brasil!

De acordo com a OIT, anualmente, cerca de 270 milhões de trabalhadores são vítimas de acidentes de trabalho em todo o mundo. No Brasil, segundo o relatório, são 1,3 milhão de casos, que têm como principais causas o descumprimento de normas básicas de proteção aos trabalhadores e as más condições nos ambientes e processos de trabalho.

“A segurança no trabalho não é apenas para o trabalhador que lida com máquinas pesadas na metalurgia, mas para todos os trabalhadores. O funcionário da limpeza precisa ter cuidados, pois está lidando com produtos químicos, o trabalhador de escritório também necessita ter as condições ideais para exercer a sua função. Todos os trabalhadores estão vulneráveis”

Impacto no seu bolso.

A data é um marco histórico na luta dos trabalhadores por melhorias nas condições de segurança e saúde no trabalho. É necessário que existam políticas públicas mais eficientes na garantia da prevenção dos acidentes e na fiscalização do cumprimento das normas. Os custos gerados pelos acidentes de trabalho representam cerca 3,8% do Produto Interno Bruto brasileiro.

Para contribuir com essa data importantíssima, a Laborare.Med preparou 10 dicas para ajudar sua empresa!

1 – Identificação dos Riscos em Potencial

Identifique quaisquer riscos potenciais dentro da sua empresa. Muitas vezes situações consideradas simples no dia a dia podem resultar em acidentes. Por isso, verifique se o piso da empresa fica muito liso quando está molhado, se há objetos obstruindo caminhos, se os funcionários precisam carregar objetos pesados demais, etc. É necessário explorar todos os cenários em que há falta de segurança e fazer uma lista desses riscos.

2 – Planejamento Para Evitar Cada Tipo de Acidente

Depois de identificar os riscos, crie um planejamento para ajudar os funcionários a evitar cada um deles. Ofereça uma solução, de forma clara e simples, para resolver cada uma das questões.

3 – Sinalização das Áreas de Risco

Marque claramente todas as áreas potencialmente perigosas com sinalização, como, por exemplo, quando locais estiverem sendo limpos com água ou produtos escorregadios. Em muitas indústrias, esses sinais são exigidos por lei para informar aos funcionários sobre riscos em potencial. Mesmo que não seja necessário para sua pequena empresa, esses avisos podem ser uma ferramenta importante para proteger os funcionários.

4 – Treinamentos de Segurança Para os Colaboradores

Ofereça treinamentos sobre a gestão de segurança. Disponibilize-o para todos os novos funcionários à medida que forem contratados e para todos os colaboradores atuais que ainda não o tenham concluído os seus ou que possam ter dúvidas.

5 – Monitoramento do Local de Trabalho Para Identificar Possíveis Perigos

Se o ramo de atuação da sua empresa envolver atividades mais arriscadas, pode ser interessante contratar um especialista em segurança do trabalho. Se achar que não é necessário, você mesmo ou seus líderes podem monitorar os funcionários e se certificar de que eles estão seguindo os protocolos definidos.

6 – Manutenção Regular das Instalações da Empresa

A manutenção regular das instalações da empresa é fundamental para evitar diversos tipos de acidentes. É importante verificar se há defeitos na instalação elétrica, grades e pisos soltos, janelas rachadas, etc. Muitas vezes esse tipo de problema acaba se tornando despercebido com o passar do tempo e somente é notado quando um acidente acontece.

7 –  Feedback dos Funcionários Sobre Melhorias na Segurança

Os funcionários conhecem como ninguém a empresa em que trabalham, por isso, não deixe de ouvir o que eles pensam a respeito da segurança no local e suas sugestões e feedbacks. Peça que eles sugiram melhorias para deixar o ambiente sempre mais seguro.

8 –  Conforto Também é Importante

Quando falamos a respeito de riscos, não estamos nos referindo apenas ao acidente de trabalho propriamente dito, mas também às lesões que podem ocorrer por causa de má postura e repetição excessiva de movimentos. Invista em cadeiras ergonômicas para os seus funcionários, apoios para os pés, braços e computadores. O conforto, além de evitar lesões, tornará a equipe muito mais satisfeita e produtiva.

Além disso, a ginástica laboral pode ser um instrumento importante para evitar vários tipos de lesões. Trata-se de uma série de exercícios físicos e alongamentos que devem ser realizados durante o horário de trabalho. Ela ajuda a evitar lesões por esforços repetitivos e também para aqueles que permanecem muitas horas em pé ou sentados.

9 – Kit de Primeiros Socorros

Toda empresa deve ter um kit de primeiros socorros para usar em pequenos acidentes, quando não é necessário chamar a emergência. O kit deve ter materiais para fazer curativos, antissépticos, luvas, pinças, etc. Além disso, é importante que os funcionários saibam utilizar os materiais.

10 – Cumprimento das Regras de Segurança Contra Incêndios

Realize avaliações regulares de risco e mantenha um plano de gerenciamento de incêndio que identifique possíveis perigos. Além disso, conte com extintores e ofereça treinamento para que os funcionários saibam como utilizá-los. É importante ainda ficar de olho no vencimento dos extintores e verificar se eles possuem o selo de segurança do Inmetro.

Se você gostou deste conteúdo, a Laborare.Med convida você a compartilhar este artigo com seus amigos empreendedores e a curtir nossas redes. E em caso de duvidas nossa equipe está pronta para lhe ajudar!

Entre em contato e saiba como a laborare pode contribuir para o crescimento do seu negócio!

“A segurança e a saúde no trabalho contribui para demonstrar que uma empresa é socialmente responsável, ajuda a aumentar a produtividade dos trabalhadores, reforça o compromisso deles com a empresa e cria mão de obra mais competente e mais saudável”

Conheça mais sobre nossos outros serviços: Clique aqui

Facebook Laborare.Med

Instagram Laborare.Med

Ou entre em contato com nossa equipe e saiba mais sobre nossos SERVIÇOS: