Como treinar minha equipe para trabalhar conforme a NR-35?

 

como-treinar-minha-equipe-para-trabalhar-conforme-nr-35

 

A Norma Regulamentadora 35 (NR-35), estabelece os requisitos mínimos e as medidas de proteção para o trabalho em altura, de forma a garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores envolvidos direta ou indiretamente com esta atividade. É considerado trabalho em altura qualquer serviço que exija que o trabalhador esteja posicionado em local elevado, com diferença superior a 2 metros da superfície de referência e, portanto, ofereça risco de queda.

 

como-treinar-minha-equipe-para-trabalhar-conforme-nr-35

 

Quedas por falta de segurança no trabalho em altura estão entre as principais causas de morte de trabalhadores na construção civil. Por isso, a NR-35 exige que o empregador ofereça aos seus funcionários treinamento e capacitação; equipamentos de proteção individual, acessórios e sistemas de ancoragem; equipe de emergência; desenvolvimento de planejamento para organização e execução das atividades.

 

como-treinar-minha-equipe-para-trabalhar-conforme-nr-35

 

O empregador deve promover a capacitação desses trabalhadores para realização de trabalho em altura. O treinamento – teórico e prático – deve ter carga mínima de oito horas.

 

O conteúdo programático do curso de Trabalho em Altura – NR35 deve abordar:

 

  • Normas e regulamentos aplicáveis ao trabalho em altura;
  • Análise de risco e condições impeditivas;
  • Riscos potenciais inerentes ao trabalho em altura; e
  • Medidas de prevenção e controle;
  • Sistemas, equipamentos e procedimentos de proteção coletiva;
  • EPIs – Equipamentos de Proteção Individual, para trabalho em altura:
  • Seleção, inspeção, conservação e limitação de uso;
  • Acidentes típicos em trabalhos em altura;
  • Condutas em situações de emergência, incluindo noções de técnicas de resgate e de primeiros socorros.

 

como-treinar-minha-equipe-para-trabalhar-conforme-nr-35

Além disso, o programa deve ser estruturado em três segmentos:

 

a) Treinamento inicial – que deve ser realizado antes dos trabalhadores iniciarem suas atividades em altura;
b) Treinamento periódico – que deve ser realizado a cada dois anos. O treinamento periódico deverá ter carga horária mínima de oito horas, conforme conteúdo programático definido pelo empregador;
c) Treinamento eventual – que deve ser realizado sempre que ocorrer mudança nos procedimentos, condições ou operações de trabalho; evento que indique a necessidade de novo treinamento; retorno de afastamento ao trabalho por período superior a noventa dias; mudança de empresa. O treinamento eventual deverá ter a carga horária e o conteúdo programático em atendimento a situação que o motivou.

 

como-treinar-minha-equipe-para-trabalhar-conforme-nr-35

 

Os treinamentos devem ser ministrados por instrutores com comprovada proficiência no assunto, sob a responsabilidade de profissional qualificado em segurança no trabalho. A capacidade comprovada no assunto não significa formação em curso específico, mas habilidades, experiência e conhecimentos capazes de ministrar os ensinamentos referentes aos tópicos abordados nos treinamentos.

 

Posts Antigos

Posts Recentes

1 Comentário

  1. Saudável

    Texto muito bom e elucidativo!
    Obrigado!

    Responder

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *